domingo, 23 de janeiro de 2011

IGREJA ANGOLANA DE LUTO


A igreja angolana está de luto. Morreu, esta quinta-feira, Dom Eugénio Salesso, vítima de doença, depois de um coma profundo que durou uma semana.

apostolado-angola.org/

O até então bispo emérito de Malanje faleceu na cidade do Huambo, onde residia desde que deixou o trabalho activo.

O padre Dionísio Hissilenapo, do Secretariado da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé disse que Dom Eugénio Salesso se encontrava em coma profundo há já uma semana.

“Praticamente há uma semana que estava em coma profundo no hospital, na cidade do Huambo. Por volta das 21 horas (quinta-feira) recebemos a comunicação de Dom Queirós Alves, Arcebispo do Huambo, a dar conta da morte de Eugénio Salesso que foi o bispo emérito de Malanje” – disse.

“Trabalhou muitos anos em Malanje, mas pertence ao clero do Huambo. Era padre do Huambo quando foi nomeado em 1977 para a Arquidiocese de Malange” – referiu ainda.

“O secretariado da CEAST está consternado por esta morte. São figuras que marcaram a nossa igreja, dedicaram-se e trabalharam profundamente para expandir o reino de Deus no meio de nós” – lamentou.

Sentimento de consternação também em Malanje. O Arcebispo local, Dom Luís Maria, em nome da igreja malanjina, lamenta a morte de Dom Salesso.

“É um sentimento de tristeza de todos, porque é um amigo que se foi” – revelou.

“Faremos uma oração de acção de graças, porque ele, na sua vida pessoal e como bispo de Malanje, significou muita coisa para a igreja. Portanto, damos graças à Deus pela sua vida” – acrescentou.

Dom Luís Maria disse ainda que as exéquias fúnebres de Dom Eugénio Salesso serão realizada entre terça e sexta-feira da próxima semana na cidade do Huambo.

“As cerimónias fúnebres serão realizadas no Huambo. Ele faleceu no Huambo, onde viveu como emérito muito anos”.

Dom Eugénio Salesso faleceu aos 88 anos de idade, 25 dos quais como Bispo da Arquidiocese de Malange.