terça-feira, 13 de setembro de 2011

Ministra alemã exorta colegas de gabinete a renunciar ao Facebook


A ministra da defesa do consumidor alemã, Ilse Aigner, solicitou hoje aos seus colegas de gabinete que renunciem à utilização do Facebook, "para darem um bom exemplo e levar a sério a protecção de dados".
Na missiva, Aigner, que é membro da CSU, os democratas cristãos da Baviera, afirma que "após análise", considera "imprescindível" que não se utilize o símbolo de acesso ao Facebook nas páginas da Internet da responsabilidade do governo".

Além disso, desaconselha a inscrição em páginas de instituições no Facebook, "devido a fundadas dúvidas legais".

A ministra democrata cristã absteve-se, no entanto, de recomendar aos deputados a supressão das suas páginas no Facebook, mas recomenda-lhes que "reavaliem a sua presença" na chamada rede social.

A própria ministra anulou há vários anos a sua inscrição no Facebook, e o seu Ministério também não está registado nesta aplicação, nem tem um "link" que conduza os utilizadores à página do Facebook.

Aigner acusa a rede social norte-americana de não respeitar a legislação alemã e europeia, sobretudo por facultar automaticamente dados dos seus utilizadores a terceiras pessoas.
http://www.jornaldenegocios.pt/