domingo, 10 de novembro de 2013

Garoto escreve livro e consegue R$ 1 milhão para ajudar amigo que está doente


Dylan Siegel descobriu que seu amigo estava doente. Resolveu escrever um livro para ajudá-lo. O lucro com as vendas iria para a Universidade da Flórida, que trabalha para encontrar a cura da doença de Jonah Pournazarian.
folha.uol.com.br
Essa poderia ser mais uma de tantas histórias de amizade. Mas traz algo ainda mais especial: Dylan e Jonah são crianças.
Menos de um ano após saber da doença do amigo, Dylan, 7, já conseguiu vender mais de 15 mil exemplares e juntar US$ 430 mil (quase R$ 1 milhão) com "Chocolate Bar", escrito e ilustrado por ele. "Escrevi o livro e não sosseguei enquanto minha mãe não fez as cópias", contou Dylan à "Folhinha", por e-mail.
Jonah, 8, sofre de glicogenose. A doença desequilibra a quantidade de açúcar no sangue, causa convulsões e pode levar à morte. Por enquanto, não há tratamento eficaz nem cura, e, por isso, é preciso uma alta quantia em dinheiro para financiar a pesquisa.
Mas Jonah está confiante. Por e-mail, contou que a amizade com Dylan é "antiga": "Ele é meu melhor amigo. Nós nos conhecemos quando eu tinha três anos".
"Chocolate Bar" é barra de chocolate em inglês, mas, para Dylan, também significa "incrível". No livro, diz o que adora, como a Disney. "Tive outras ideias [para arrecadar dinheiro], mas raramente as pessoas escrevem livros para ajudar as outras."
Semanas depois do lançamento, eles já estavam na TV. Uma página no Facebook e um site ajudaram na divulgação. Dylan quer mais: "Meu objetivo é chegar a US$ 1 milhão".
Imagem: Dylan (à dir.) fez o livro para ajudar na cura de Jonah