quarta-feira, 29 de junho de 2011

Google lança o seu «Facebook» para poucos


Após muitos rumores, a Google anunciou, através do seu blog oficial, a sua mais nova aposta para o mercado cada vez mais disputado das redes sociais, actualmente dominado pelo Facebook.
Chamado de «Projecto Google+», o novo site da gigante de buscas possui um visual parecido com seu maior rival e tenta trazer como principal diferencial um maior controlo de privacidade, permitindo que os utilizadores criem vários grupos de amigos, chamados de Círculos, partilhando assim as suas informações apenas com quem quiserem.
«A ideia dos ‘círculos’ faz muito sentido», disse a analista da Technology Business Research. «É algo esperto, e apesar de ser possível fazer algo parecido no Facebook, não é o negócio principal deles. Não é algo tão fácil de fazer.»
No blog, a empresa também destaca outras funcionalidades como o Sparks, que exibe feeds de conteúdos de toda a rede que possam ser interessantes para o utilizador. Para isso, só precisa de adicionar os seus principais interesses no site. Segundo a Google, o objectivo é que, dessa forma, os utilizadores tenham sempre algo para ler e partilhar com os seus diferentes círculos de amigos.
Outro destaque do «Google +» é a opção de realizar vídeochamadas casuais em grupos, através da ferramenta «Hangouts». No blog, a empresa diz que procura, assim, «tornar os encontros online mais divertidos, naturais e espontâneos».
E como não poderia deixar de ser, a nova rede social da Google possui uma aplicação para o sistema móvel da empresa, o Android, além de trazer funcionalidades com smartphones, como partilha de localização, upload instantâneo de fotos e opção de chat em grupo (com todos os membros de um Círculo, por exemplo).
O Google também destaca que acaba de começar os testes externos e que por isso é possível perceber que algumas partes do projecto ainda não estão a funcionar de forma perfeita.
Por enquanto, o acesso ao «Projecto Google +» é limitado apenas para os utilizadores que receberam convites da empresa. Ao aceder ao site (plus.google.com), o utilizador pode deixar os seus contactos para ser avisado quando a empresa puder convidar mais pessoas.
DIARIODIGITAL