segunda-feira, 22 de julho de 2013

Adastra, o luxuoso iate de US$ 15 milhões controlado via iPad


Iates não costumam ser itens baratos. O Adastra, por exemplo, é tão caro que entra na categoria “super-iates”: custa “apenas” US$ 15 milhões (cerca de R$ 33 mi).
“Você pode pensar que ele tem uma aparência estranha, mas é muito lógico para nós – a grande meta era criar um barco para navegar em oceano com um ‘bom’ consumo de combustível”, explica o designer John Shuttleworth, um dos responsáveis pela aparência de “nave espacial” do Adastra.
Além das “asas”, ele tem luzes de neon na parte de baixo. “Inevitavelmente, tem que haver uma tendência para a redução do consumo de combustível – e eu acredito que super-iates deverão ter um visual similar a esse no futuro”, completa. Apenas 20% do barco fica submerso, o que diminui a força necessária para deslocá-lo na água.
Além desse design planejado para facilitar a navegação, o Adastra também conta com uma estrutura formada em grande parte por vidro e carbono. No fim das contas, ele consome 14% menos combustível do que barcos do mesmo tamanho, é capaz de atravessar 6,4 mil km (a distância aproximada entre Londres e Nova York) sem precisar reabastecer e atinge uma velocidade de 43 km/h.
Seu interior lembra um hotel cinco estrelas, com quatro quartos e três banheiros luxuosos, um salão, uma ante-sala e uma cozinha industrial. O convés, por sua vez, tem um bar ao ar livre. Não é à toa que o projeto levou mais de cinco anos para ficar pronto.
Outro detalhe curioso: esse barco gigante, que pesa 52 toneladas, pode ser controlado via iPad a uma distância de 50 metros. Como você pode ver, o atual proprietário, Anton Marden, tem muita coisa para mostrar a quem quer conhecer o Adastra. [CNN]
http://hypescience.com