Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Bancos em Luanda. NOVO GOLPE (Crime organizado)





Caros Senhores: Abram os olhos
Estes bandidos estão demais cada vez procuram se aperfeiçoar mais.


Os salteadores estão se unindo com trabalhadores de bancos e agentes da unitel para fazer o golpe. Os trabalhadores bancários envolvidos investigam empresas com movimentações frequentes, retiram as assinaturas das contas, bem como número de telefone de confirmação dos levantamentos de empresas ou individualidade. Ai começa a festa, o número de telefone é passado para o funcionário da unitel, que por sua vez bloqueia o cartão e retira a segunda via do mesmo cartão, neste momento o funcionário bancário já fez um pedido de cadernetas de cheques, depois passam cheques em avultados valores, em nome de pessoas estranhas. Quando a agência do banco ligar para confirmar os valores, atende um dos membros da rede se fazendo passar por assinante da conta. O golpe de cancelar o numero de telefone eles fazem num prazo de 24H. No dia seguinte o telefone da vítima passa funcionar normalmente o que faz pensar que era uma falha técnica da unitel. Neste momento a unitel esta com vários processos às costas a serem instruídos para o tribunal.
Estes ladrões estão a dar este golpes a várias empresas e individualidades. Na segunda-feira 14 foi desmantelada já uma rede que fazia o mesmo golpe.
Divulgue este novo golpe
Coopere com a polícia com mais informações.