sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Frases célebres 02Jan09



Gil Gonçalves
Banco Millennium Angola. Por este andar, daqui a alguns dias, viver em Luanda será impossível.

Porto.
Que falta de seriedade . Há pouco tempo todos os bancos comunicavam que não tinham problemas com o crédito Mal Parado , agora já se fala é com o excesso de casas com que os bancos estão a ficar, o que é isto ? Crédito Mal parado. Portugal também está a desenvolver uma crise de sub-prime , mas a nossa talvez venha a ser pior pois os portugueses não tem estrutura, nem empregos para poder fazer face ao pagamentos dos empréstimos. Os banco relamente já não vão poder emprestar mais dinheiro , porque senão estão a correr graves riscos.Pois em tempos lembro-me de uma campanha do Bloco de Esquerda que estavam a pensar levar avante , Portugueses Não paguem a prestação este mês, quem ouviu isto , pensava que era bricandeira neste momento a tendência é para não pagar nenhuma. Tenho muita pena isto é nehuma , mas os banco ainda não sofreram nada em Portugal , vão começar. Pois as pessoas vão deixar de cumprir as suas obrigações. Vai prevalecer a anarquia financeira salve-se quem poder.
Diário Económico

23.10.2008 - 10h15 - João Serra, Lisboa
Conheço uma mãe solteira (sem apoios do pai) que teve de ficar em casa estes últimos dias, porque o dinheiro que lhe sobra, depois da renda, do colégio da miuda e da alimentação, não deu para pagar o passe. Se isto não é dramático (alguém que tem trabalho e não pode ir trabalhar), o que é?

23.10.2008 - 10h49 - Zé, Portugal
Países sem classe média temos muitos exemplos na Ásia e África.. Meia Dúzia de Ricos (umas quantas famílias e militares/polícia para manterem a populaça debaixo de olho). É isto que queremos? Usualmente é a classe média que vai ao Supermercado gastar 5 ou 10€ em KILOS de comida para ajudar os pobres (tantas vezes o fiz/faço e não custa nada)... Quando desaparecer quem o fará? Estou farto desta treta de Socialismo dos pobres onde só se distribui o que fica da classe média para baixo e os ricos continuam felizes. Mais vale 500.000 muito pobres com 1.500.000 a ajudar que 2.000.000 de pobres à espera duma esmola dos ricalhaços que de tão forretas nem um pacote de arroz dão. Nunca votei em Socialistas e cada vez tenho mais a certeza que nunca o farei! Porque são socialistas com o que é dos outros, o seu bolso parece uma caixa forte!

3.10.2008 - 09h52 - Antonio, Coimbra
Tenho 51 anos, tecnico de contas e estou na mesma situação, sou divorciado e após meu divorcio fiquei sem nada. Vivo cheio de medo de perder meu emprego e os patroes valem-se da situação de crise para se verem livres dos empregados com mais de 40 anos. É o mundo que escolhemos para viver. Temos todos juntos que mudar esta situação, nem que seja com nova revolução que nao será de cravos.

23.10.2008 - 09h34 - Rui Miguel, Cacém, Portugal
tenho neste momento 33 anos, trabalhador estudante, empregado dos CTT e estudante de engenharia informática (2º ano), mas esta a ser muito dificil pagar as despesas mensais. Estou a prensar desistir dos estudos, entregar as chaves de casa ao banco e ir viver para casa dos meus pai, infelizmente é este país de 3º mundo e deprimente em que vivo e em que não tenho orgulho nenhum em viver.

27.10.2008 - 16h34 - Grapilho, 2008
…Quanto à nata do país, concordo com o meu amigo. E, nunca ele esteve tão bem servido, de gente pensante. Basta ver os últimos dois anos, de uma intelectualidade afirmada, pela publicação de tanto livro...

27.10.2008 - 14h31 - Zé, da esquina, Hispânia
Eu diria que o melhor mesmo é entregar o país a Espanha. Senão vejamos. Além do combustível mais barato, poupavamos uma data de dinheiro em salários de políticos.
Público última hora