quarta-feira, 20 de março de 2013

Carta aberta ao Dom Zacarias Kamuenho


Club-k.net
Sua Revª Bispo.
Antes de mais quero saudá-lo e desejar-lhe bem-estar social. Felicitá-lo também pelo trabalho que tem vindo a desenvolver no seio da comunidade do Lubango, mostrando-lhes o caminho da salvação, cientes das nossas responsabilidades cristãs, e como servo do Senhor e pastor de ovelhas que todos os dias se perdem neste la

Club-k.net
Sua Revª Bispo.
Antes de mais quero saudá-lo e desejar-lhe bem-estar social. Felicitá-lo também pelo trabalho que tem vindo a desenvolver no seio da comunidade do Lubango, mostrando-lhes o caminho da salvação, cientes das nossas responsabilidades cristãs, e como servo do Senhor e pastor de ovelhas que todos os dias se perdem neste labirinto que se chama Angola.

Sua Revª Bispo compreendo a sua preocupação, mas penso que o Senhor não foi mais alem de suas análises que naturalmente poderia condenar os nossos irmãos da UNITA em processar o Senhor Presidente da República. Tenho em mim que Sua Excia. ateu-se simplesmente no direito do mais forte como o nosso pensador sociólogo Rousseau nos quis mostrar na sua obra “O contrato Social”.

No nosso país violam-se todos os dias os direitos de qualquer cidadão e os eclesiásticos nunca aparecem para repudiar estes actos de tristeza e de pecado se assim pode mos também considerar. Desaparecem e morrem pessoas à luz do dia e os autores destas barbáries continuam impunes porque são mais fortes que os cidadãos.

Sua Excia, Angola certamente conheceu momentos tristes durante 30 anos. Décadas a fios que o nosso povo não se movimentava de um lado para o outro. Conhecemos na verdade o calar das armas, mas os espíritos ainda não estão pacificados. Isto sim, seria a luta dos nossos representantes divinos trabalharem na pacificação dos espíritos. Velarem pelos direitos de todos, responsabilizarem os nossos dirigentes pelo descaso destes ao serviço do cidadão.

Milhares de pessoas são desalojadas sem prévio aviso, coloca-os em lugares que fica patente a desumanidade. Milhares de pessoas continuam a viver nas tendas a espera de uma habitação para poderem descansar tranquilos Mas o Senhor nem fala disso.

O MPLA na sua propaganda enganosa prometeu luz e água para todos até hoje continuamos as escuras e acarretar água nos fontenários distantes dos nossos lares. Outros são obrigados a comprar pipas de água à preços especulativos e certamente os donos destes caminhões pipas são os próprios dirigentes que dizem serem os defensores do povo.

O Presidente da UNITA, Dr. Isaías Samakuva foi a Cacuaco levar a sua solidariedade, foi escorraçado pela policia e militares da UGP e o Senhor não apareceu se pronunciando a repudiar a tremenda violação cometida pelas forças de ordem pública.

O senhor fala que a UNITA está levantando coisas que o povo precisa esquecer, mas se esqueceu que quem tem levantando sempre isto são os militantes do MPLA e seus dirigentes ao afirmarem que o MPLA sempre se colocou em defesa do povo angolano e os demais só destruíram as nossas infra-estruturas. Na interpretação de Sua Excia. o que lhe parece desta afirmação?

Cassule e Kamulingui desapareceram misteriosamente e o Senhor não apelou as autoridades angolanas para se explicarem com relação a estes factos. Familiares não dormem querendo encontrar seus ante queridos e ainda assim o Senhor vai contra a UNITA que processou Eduardo dos Santos? O Senhor é Pastor de todos para pregar a verdade e fazer velar os direitos dos cidadãos. Os angolanos ainda não estão em paz porque todos os dias tiram-nos esta paz por parte do sistema que é liderado por JES.

Continuamos presos num sistema que não deixa o povo falar a vontade, reivindicar dos seus direitos porque a máquina demolidora do MPLA vai acima dos que se manifestam. Procuram justificar seus actos ou acções de maneira mais pata fundia possível, fazendo crer que os outros estão errados e eles sempre estão certos. Quem já veio ao público criticar os actos do executivo senão os partidos de oposição com maior destaque a UNITA? Se um Pastor ou Padre fizer isso, certamente perderá o emprego porque mexeu com os poderosos.

Sua Revª Bispo, por favor, faça uma coisa que Cristo mandou. Fale a verdade porque ela nos libertará. O Senhor sabe que o povo angolano sofre todos os dias. Os angolanos sofrem ao dormir, ao acordar, ao andar, ao irem para seus locais de serviço, até mesmo ao rirem. Se o Senhor ficar atento vai notar que os angolanos ao rirem, riem nervosos porque quando acabam de o fazerem perguntam-se onde está a graça! 

Por favor, Senhor Bispo, seja mais coerente consigo mesmo, porque mais do que nunca o Senhor sabe que o país caminha mal e está nas mãos dos monarcas que não têm vontade política para fazer mais do que vemos todos os dias. Deixo o meu desabafo e espero que o Senhor entenda porque sou um cidadão sofredor e já estou cheio destes mentirosos e aldrabões que levam o povo à miséria estrema.

TUA PANDULA

Francisco José Cruz

Ms. Ciência Política
birinto que se chama Angola.

Sua Revª Bispo compreendo a sua preocupação, mas penso que o Senhor não foi mais alem de suas análises que naturalmente poderia condenar os nossos irmãos da UNITA em processar o Senhor Presidente da República. Tenho em mim que Sua Excia. ateu-se simplesmente no direito do mais forte como o nosso pensador sociólogo Rousseau nos quis mostrar na sua obra “O contrato Social”.

No nosso país violam-se todos os dias os direitos de qualquer cidadão e os eclesiásticos nunca aparecem para repudiar estes actos de tristeza e de pecado se assim pode mos também considerar. Desaparecem e morrem pessoas à luz do dia e os autores destas barbáries continuam impunes porque são mais fortes que os cidadãos.

Sua Excia, Angola certamente conheceu momentos tristes durante 30 anos. Décadas a fios que o nosso povo não se movimentava de um lado para o outro. Conhecemos na verdade o calar das armas, mas os espíritos ainda não estão pacificados. Isto sim, seria a luta dos nossos representantes divinos trabalharem na pacificação dos espíritos. Velarem pelos direitos de todos, responsabilizarem os nossos dirigentes pelo descaso destes ao serviço do cidadão.

Milhares de pessoas são desalojadas sem prévio aviso, coloca-os em lugares que fica patente a desumanidade. Milhares de pessoas continuam a viver nas tendas a espera de uma habitação para poderem descansar tranquilos Mas o Senhor nem fala disso.

O MPLA na sua propaganda enganosa prometeu luz e água para todos até hoje continuamos as escuras e acarretar água nos fontenários distantes dos nossos lares. Outros são obrigados a comprar pipas de água à preços especulativos e certamente os donos destes caminhões pipas são os próprios dirigentes que dizem serem os defensores do povo.

O Presidente da UNITA, Dr. Isaías Samakuva foi a Cacuaco levar a sua solidariedade, foi escorraçado pela policia e militares da UGP e o Senhor não apareceu se pronunciando a repudiar a tremenda violação cometida pelas forças de ordem pública.

O senhor fala que a UNITA está levantando coisas que o povo precisa esquecer, mas se esqueceu que quem tem levantando sempre isto são os militantes do MPLA e seus dirigentes ao afirmarem que o MPLA sempre se colocou em defesa do povo angolano e os demais só destruíram as nossas infra-estruturas. Na interpretação de Sua Excia. o que lhe parece desta afirmação?

Cassule e Kamulingui desapareceram misteriosamente e o Senhor não apelou as autoridades angolanas para se explicarem com relação a estes factos. Familiares não dormem querendo encontrar seus ante queridos e ainda assim o Senhor vai contra a UNITA que processou Eduardo dos Santos? O Senhor é Pastor de todos para pregar a verdade e fazer velar os direitos dos cidadãos. Os angolanos ainda não estão em paz porque todos os dias tiram-nos esta paz por parte do sistema que é liderado por JES.

Continuamos presos num sistema que não deixa o povo falar a vontade, reivindicar dos seus direitos porque a máquina demolidora do MPLA vai acima dos que se manifestam. Procuram justificar seus actos ou acções de maneira mais pata fundia possível, fazendo crer que os outros estão errados e eles sempre estão certos. Quem já veio ao público criticar os actos do executivo senão os partidos de oposição com maior destaque a UNITA? Se um Pastor ou Padre fizer isso, certamente perderá o emprego porque mexeu com os poderosos.

Sua Revª Bispo, por favor, faça uma coisa que Cristo mandou. Fale a verdade porque ela nos libertará. O Senhor sabe que o povo angolano sofre todos os dias. Os angolanos sofrem ao dormir, ao acordar, ao andar, ao irem para seus locais de serviço, até mesmo ao rirem. Se o Senhor ficar atento vai notar que os angolanos ao rirem, riem nervosos porque quando acabam de o fazerem perguntam-se onde está a graça! 

Por favor, Senhor Bispo, seja mais coerente consigo mesmo, porque mais do que nunca o Senhor sabe que o país caminha mal e está nas mãos dos monarcas que não têm vontade política para fazer mais do que vemos todos os dias. Deixo o meu desabafo e espero que o Senhor entenda porque sou um cidadão sofredor e já estou cheio destes mentirosos e aldrabões que levam o povo à miséria estrema.

TUA PANDULA

Francisco José Cruz

Ms. Ciência Política