terça-feira, 24 de setembro de 2013

Angola pagou à Espanha para jogar no Mundial de hóquei em patins


Espanha campeã do mundo de hóquei só está a participar no Mundial de Angola (20 a 28 de setembro de 2013 ), porque a organização Angolana do campeonato do Mundo assumiu o pagamento das principais despesas da equipa Espanhola liderada Carlos Feriche .” O corte foi de 38 % e que não poderia pagar a viagem e estadia em Angola “, disse a Gol Jornal fonte RFEP . “Angola é um país muito caro. Cada noite de hotel em Luanda tem custos entre 300 e 400 euros por pessoa , valor que deve multiplicar por 10 dias e as 17 pessoas na expedição . Os bilhetes também podem custar cerca de 2.000 euros ” , acrescenta.O torneio é uma boa vitrine para o Governo de Angola , que vai pagar para a equipa espanhola e para a maioria das equipas ( Os  europeus  viajaram juntos em um voo charter de Portugal). É necessário que o Governo de Angola resolva com o mesmo empenho e disponha do mesmo tipo de verbas que gasta nestes eventos em programas sociais para diminuir  as desigualdades sociais que impedem milhares de jovens de praticar desporto e ter uma vida saudável.Em Março segundo a organização, a construção do pavilhão de Luanda, com capacidade para 12.000 espetadores, e do Namibe, com lotação para 3.000, e de um terceiro na cidade de Malange, que servirá para um torneio pré-mundial, em agosto, estava orçado os 91 milhões de dólares (68 milhões de euros) agora já com uma grande derrapagem vai custar cerca de 100 milhões de euros (130.637 milhões de dólares),quase o dobro, era bom que essas contas fossem do conhecimento público.(Comentário CAI)
Os espanhois tiveram problemas para ir à Copa do Mundo de hóquei devido a cortes orçamentais , após quebra no subsídio pelo Conselho Superior de Desportivo  CSD ) para a Real Federação Espanhola de Patinagem ( RFEP ) .
” O corte foi de 38 % e que não poderia pagar a viagem e estadia em Angola “, disse a Gol Jornal fonte RFEP . “Angola é um país muito caro. Cada noite de hotel em Luanda tem custos entre 300 e 400 euros por pessoa , valor que deve multiplicar por 10 dias e as 17 pessoas na expedição . Os bilhetes também podem custar cerca de 2.000 euros ” , acrescenta.

Corte de 53% desde 2008
A Federação Espanhola de Patinagem, liderado por Carmelo Paniagua , estima poupar cerca de 100.000 euros, para aceitar o convite do Comitê Organizador da Copa do Mundo . O outro pago RFEP outros itens relacionados à sua participação na Copa do Mundo . Entre elas, a elaboração do CAR de Sant Cugat .
O CSD , presidida por Miguel Cardenal , anunciou um subsídio de € 523.000 para RFEP em 2013. Em 2008, a contribuição do governo para o então presidente José Luis Rodríguez Zapatero foi de 1,1 milhões de euros. Em cinco anos, a redução foi de 53%.

Voos charter de Portugal
” A Federação Espanhola de Patinagem administra quatro modos diferentes : rolo , hóquei inline , patinação artística e de velocidade. In -line hockey , por exemplo , o time espanhol não conseguiu ir para o Mundial Los Angeles. E em cada modalidade tem equipes em várias categorias ” recordar fontes federais.
A Copa do Mundo será disputada de hóquei em patins pela primeira vez na África . O torneio é uma boa vitrine para o Governo de Angola , que vai pagar para a equipa espanhola e para a maioria das equipas ( Os  europeus  viajaram juntos em um voo charter de Portugal). Espanha venceu as últimas quatro Copas do Mundo , disputada nos Estados Unidos (2005), Suíça (2007), Espanha (2009) e Argentina (2011).
http://www.circuloangolano.com/?p=25559