segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Mítico, lendário, ícone, ídolo, craque – imprensa internacional elogia Eusébio


Não faltam adjectivos na imprensa internacional para qualificar o antigo futebolista do Benfica.
A imprensa desportiva espanhola foi a que mais relevo deu à notícia da morte de Eusébio, nas primeiras horas após a notícia da sua morte. Mas o desaparecimento do antigo futebolista português é notícia um pouco por toda a parte, sempre com adjectivos elogiosos.

http://www.publico.pt

O diário desportivo espanhol Marca publica com grande destaque no seu site um conjunto de trabalhos sobre Eusébio, que qualifica como “mítico” e considera “um dos melhores jogadores de todos os tempos”, conhecido “pela sua velocidade, a sua técnica e o seu potente remate com o pé direito”. Recorda o trajecto do atleta desde Moçambique e as peripécias da sua ida para o Benfica à retirada dos relvados, aos 36 anos.
A Marca republica a última entrevista que fez a Eusébio, na quase se declarava “madridista” e também editou uma galeria de fotos de “Eusébio, o orgulho de Portugal”. Deu ainda voz a Di Stéfano, antiga glória do Real Madrid, que se referiu ao português como “o melhor jogador de todos os tempos”. Noutro texto recordou a forma como jogava “O Benfica de Bella Guttman [treinador húngaro] e do grande Eusébio”. Destacou igualmente a primeira reacção de Cristiano Ronaldo à morte.
O As, também de Madrid, deu relevo à notícia da morte do “lendário” Eusébio, divulgou vídeos de jogadas que protagonizou, dedicou uma fotogaleria ao jogador e, entre as reacções, destacou as de Cristiano Ronaldo e José Mourinho. Fez também eco da reacção do Real Madrid, que o considera “um dos maiores jogadores de todos os tempos”.
As publicações desportivas de Barcelona deram também destaque ao desaparecimento do antigo futebolista. O Mundo Deportivo dedicou-lhe textos – “Eusébio, mais do que um monumento” escreve, num deles, o subdirector Francesc Aguilar –, uma fotogaleria e divulgou reacções à morte. O também catalão Sport  dedicou vários textos ao “lendário futebolista português Eusébio”
Nos jornais generalistas, o El País, deu importância à notícia referindo-se, em título, a Eusébio como “ícone do futebol português” e às reacções à morte, destacando a de Ronaldo e publicou uma fotogaleria. O também generalista El Mundo noticiou com relevo: “Morre Eusébio, adeus à Pantera Negra” e recorreu tambám a uma sequência fotográfica.
No site da BBC, a morte de Eusébio foi um dos assuntos em destaque neste domingo. A estação recordou que é considerado “um dos maiores futebolistas de todos os tempos” e traçou o seu percurso. Também em Inglaterra, onde Eusébio deixou marca no Mundial de 1966, ali realizado, o Guardian refere-se à antiga glória do Benfica como “a figura proeminente do futebol português antes de Cristiano Ronaldo”.
O desportivo francês L’Equipe, que o classifica como “o maior jogador português de todos os tempos”, abriu a página principal do seu site com uma fotogaleria de Eusébio, historiou o seu percurso, fez uma ficha do palmarés e destacou as reacções do treinador José Mourinho e de Cristiano Ronaldo. Ainda que com menos relevo, a morte de Eusébio foi também notícia destaca no site nos diários generalistas Le Monde ou Libération, que o classificam como “lenda do futebol português”. O último dos jornais considera que "o mundo está de luto".
Em Itália, o Gazzeta dello Sport noticiou o “adeus ao lendário” Eusébio e ofereceu aos leitores imagens vídeo de golos seus. Reproduziu também as reacções de dois outros nomes grandes do futebol português no twitter: Cristiano Ronaldo e Luís Figo.
A imprensa generalista brasileira deu destaque à morte do ex-jogador – “Ídolo”, no título do Estado de São Paulo; “Maior ídolo do futebol português”, para a Folha de São Paulo; “craque” na expressão d’ O Globo.