Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

terça-feira, 24 de junho de 2014

Seis dias de angústia e sem misericórdia





SOS UNICEF. Há 6 dias que o banco millennium é o nosso carrasco. Não há vento, o fumo mortal acumula-se. Janela aberta morte certa. Espoliou o terreno. Em Luanda facturar é matar. É o que o banco millennium faz na rua rei Katyavala. Tem potente gerador nas traseiras do prédio, faz barulho dia e noite. Lança fumo que mata crianças e adultos. Quando o vento está de feição gaseia-nos. Estão a salvo, o petróleo protege-os. E os assaltos crescem mortais, manifestações, revoltas. Isto é que é a tal paz?