quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Luanda. Funcionários do BNI roubam clientes com argumentos de não haver dólares - Carlos Manuel




Luanda - No seguimento das orientações baixadas pelo Banco Nacional de Angola, “BNA” para a política de contenção de moedas estrangeiras no país, os bancos tem estado a lançar para o mercado cambial poucas notas de dólares norte americanas.

Fonte: Club-k.net

O Banco de Negócios Internacional, SA, é acusado de estar a impossibilitar os clientes de levantarem até 400usd para comercializarem as notas com amigos e compadres dos funcionários.
Uma rede montada que funciona nas agencias da Marginal e dos Emirantes no  Futungo, autorizadas a pagarem dólares norte americanas, roubam directamente aos funcionários que recebem os seus salários em dólares a partir dos países estrangeiros e muitas empresas internacionais que fazem os seus salários em dólares.
Os trabalhadores exigem aos clientes assalariados em dólares para trocarem nas suas contas a 9 mil kwanzas a nota, e vendem a outros clientes a 12 mil kwanzas surripiando assim 3 mil kwanzas.
Segundo uma fonte daquele Banco o Presidente do Conselho de Administração daquela empresa já domina a informação, que poderá criar uma comissão para averiguar as referidas práticas, que chamaram de incorretas.
Carlos Manuel, cliente do BNI