… saúde em Angola, para quem o dinheiro vale mais do que a vida de um ser humano. A primeira vítima foi um jovem que se sentiu mal, durante uma partida de basquetebol, no bairro em que vivia - o Alvalade -, pelo que foi levado pelos companheiros até a uma conhecida clínica do bairro, onde acabou por morrer sem ter sido assistido, por falta de dinheiro para pagar o tratamento. Aconteceu há cerca de 20 anos. O que é que até hoje mudou? Nada! In Nhuca Júnior. Imagem: Chrisguy Oliveira. Facebook

segunda-feira, 29 de Agosto de 2011

Carro oferecido por general do regime causa separação de “Noite e Dia” e esposo


Lisboa – A kudurista Anabela Ferreira Bento “Noite e Dia” está separada do esposo, o jogador do petro de Luanda, “Locó”. Em causa esta um “violento” presente, ou seja uma viatura Toyota Sequoia que a kudurista recebeu como oferta de um conhecido general do regime. O gesto do general que não agrado do esposo da cantora.

Fonte: Club-k.net
A figura que deu a prenda é o general na reserva Bento Santos “Kangamba”, igualmente membro do Comitê Central do MPLA. Não há provas de que a cantora tenha algum momento se amigado com “Kangamba”, a troco da viatura. A variante mais contundente é a de que o empresário ofereceu a viatura como iniciativa humanitária enquadrada na sua política de ajudar os jovens que a ele procuram para pedir apoio. Tem fama de nada pedir em troca.

“Locó”, o esposo da cantora que não gostou da “ajuda” terá se sentido ofendido tendo abordado alguns amigos e familiares que o aconselharam a desistir da relação optando pela separação. (Na sua pagina no facebook, a kudurista declarou já o seu estatuto como “Sou solteira”)

O jogador é uma figura bastante discreta que sempre cultivou o habito de não falar na imprensa a cerca da relação com a kudusrista. Em Maio deste ano, “Noite e Dia” deu uma entrevista ao Jornal de Angola tendo avançado que “Ele não gosta de falar da vida intima” para de seguida revelar que “as vezes tenho problemas por causa da minha vida artística, mas tudo se resolve”.

De realçar que a kudurista “Noite e Dia” começou a cantar em 2002, por impulso de Puto Prata, a quem a mesma contactou levando-lhe a fazer uma musica. Tem se notabilizado no bairro Precol onde vive desde que nasceu em 1984. Faz parte do grupo de kudurista que foi encorajado a aprofundar os estudos desde ao tempo do general Fernando Miala. Passou pelo IMEL como estudante e desde 2010 que esta na Universidade UTANGA, onde freqüenta o curso superior de gestão.

Sem comentários:

Enviar um comentário