sábado, 26 de maio de 2012

Descoberta nova pintura de Van Gogh


 “Natureza morta com rosas e flores do campo”. Esse é o nome da nova pintura de Van Gohg, que não está assinada. Após nove anos de intensa pesquisa, os cientistas finalmente descobriram o autor do quadro, usando raios-X fluorescentes.
É uma pintura um tanto incomum para Van Gogh. Primeiro, o tamanho é estranho – muito grande, 100 por 80 centímetros. Suas flores nunca foram feitas tão grandes em seu período parisiense, quando esse quadro foi pintado. E ele é um tanto exuberante para o holandês.
A história desse quadro começou em novembro de 1885. Foi quando Van Gogh chegou em Antuérpia, na Bélgica, para entrar na Academia local. Van Gogh havia comentado com seu irmão Theo, através de suas famosas cartas, que ele estava pintando algo “grande com dois torsos nus, dois lutadores”.
Em fevereiro do outro ano ele viajou para Paris, para ficar com seu irmão. Na época, ele estava muito mal de dinheiro, e acabou usando a tela dos torsos para pintar algo em cima (coisa que ele sempre fazia). O novo quadro é o resultado disso.
Essa pintura reapareceu em 1974, após passar por muitas coleções particulares, mas sem ninguém ter certeza da sua autoria. Em 1998, exames simples usando raios-X mostraram os torsos fantasmas, o que levou alguns a associá-la com as cartas de Van Gogh para Theo. Como a evidência era muito fraca, a pintura foi oficialmente classificada como “anônima” em 2003.
Agora, nove anos depois, os pesquisadores conseguiram descobrir a verdade. Primeiro, eles obtiveram detalhes do trabalho dos torsos, na Academia de Antuérpia. A análise das flores levou a uma conclusão idêntica, apesar do tamanho e da composição inusitada.
Agora, a pintura ficará permanentemente em exposição no Museu Kröller-Müller, na Holanda, entre outros trabalhos do pintor. [GizModo]