sexta-feira, 1 de junho de 2012

Com apoio da UNICEF. Artistas juntam-se pelos direitos da criança


Maputo (Canalmoz) - Diversos artistas moçambicanos, entre os quais músicos como o compositor e intérprete Stewart Sukuma e a Banda Nkuvu, Mingas, Neyma, Valdemiro José,  Elvira Viegas, Ace Nells vão realizar, no próximo sábado, em Maputo, uma manifestação cultural designada “Artistas pelos Direitos da Criança”, por ocasião das celebrações da quinzena da criança, que este ano decorre de 26 de Maio a 16 de Junho.
A iniciativa é de Stewart Sukuma, em colaboração com o UNICEF e parceiros. Contará com a participação dos músicos, entre outros artistas comprometidos com o bem-estar da criança.
Decorrerá ainda um workshop de artes plásticas, com a participação de Naguib, Tinga, Butcheca, Carlos e João Fornasini, Vânia Lemos, Ulisses, Jorge Dias, Gonçalo e Gemuce.
Haverá ainda espaço para contos de histórias para os mais novos pelo persuasivo Rafo Dias, declamação de poesia, danças, brincadeiras e um espectáculo musical, com acesso livre para as crianças.
Sob o lema “Pela Promoção dos Direitos e Atendimento Inclusivo da Criança com Deficiência”, o evento tem por objectivo celebrar com as crianças, mas principalmente advogar o envolvimento de todos os actores sociais na realização dos direitos da criança no País, com particular atenção para as mais vulneráveis e desfavorecidas.
“A quinzena este ano tem como enfoque a inclusão. Todas as crianças têm um importante papel a desempenhar nas suas comunidades. Estamos muito gratos pelo que Stewart Sukuma e outros artistas estão a fazer para promover a inclusão através da sua música, para que todas as crianças possam prosperar, independentemente  dos desafios que possam enfrentar nas suas vidas”, disse, a-propósito, Jesper Morch, Representante do UNICEF.
A UNICEF tem prestado especial tributo aos artistas que, através do seu trabalho, têm demonstrado liderança nas suas profissões e usam o seu prestígio, imagem, voz, talento e influência para promover o bem-estar da criança em Moçambique.
“Nós acreditamos que através da nossa arte podemos dar um grande contributo na sensibilização de toda a sociedade para que seja dada a todas as crianças a mesma oportunidade de participar activamente nos assuntos que lhes digam respeito”, afirmou, por sua vez, Stewart Sukuma. (FDS/ Redacção)
Imagem: UNICEF - 4 . . Publicada por Mário Plácido em 08:24
tertuliadogarcia.blogspot.com