terça-feira, 5 de junho de 2012

Stewart Sukuma abrilhanta dia da criançacom centenas de petizes (UNICEF)


Maputo (Canalmoz) - Pouco mais de quatro centenas de crianças testemunharam, sábado último, no recinto do Big Brother, em Maputo, um momento eufórico e de muita adrenalina, numa manifestação cultural designada “Artistas pelos Direitos da Criança”, levada a cabo pelo compositor e intérprete Stewart Sukuma e a banda Nkhuvu, em colaboração com a UNICEF. Tratou-se de uma oportunidade ímpar para aqueles petizes celebrarem o Dia Internacional da Criança, ao lado dos fazedores da arte e cultura, cujo denominador comum foi, para além de uma palestra sobre prevenção de estigma e discriminação de crianças com deficiência, contos de histórias, workshop de artes plásticas, danças tradicionais, poesia, muitas brincadeiras e um vibrante espectáculo musical.

Ao lado dos consagrados João Fornazine, Chalucuane e Butcheca, as “flores que nunca murcham” – como Samora se referia às crianças –  pintaram cerca de 50 quadros, ilustrando os direitos da criança e apelando para uma eficaz luta pela justiça social, através das artes.
A música – com a performance de Elvira Viegas, ACE Nells, Neyma, Mingas e Stewart – viria a encher, igualmente, de alegria a tarde das crianças, que não hesitaram em cantar e dançar ao ritmo da boa música.
Na ocasião, Stewart reiterou que “o dia da criança é de reflexão, para renovarmos o nosso voto para que elas tenham a atenção necessária para se desenvolverem saudáveis com todas as condições mínimas mas necessárias, para que cresçam num ambiente de paz e harmonia”.
Mais adiante, o autor de “Julieta” acrescentou que “escolhemos desenvolver estas actividades para permitir que os artistas se juntassem às crianças deficientes ou desfavorecidas, para criar um espírito renovado de esperança para que saibam que não estão sozinhas e têm pessoas que pensam e cuidam delas”.
Já o pequeno Maique Cossa, que se juntou a esta turma, disse que “estou a passar muito bem este belíssimo dia da criança, com novos amigos que acabo de conhecer, e quero agradecer ao tio Stewart por esta iniciativa bem louvável, porque é bom saber que há pessoas que pensam que é necessário juntar tantas crianças do nosso Moçambique”.

Por seu turno, a pequena Cecília Dimande revelou que foi um dia muito divertido, tendo sido uma experiência positiva a fazer novas amizades.
“Acima de tudo, aqui temos oportunidade de conhecer novas pessoas, trocar conhecimentos novos, é um conjunto de coisas que nos traz cá”, concluiu.
Importa referir que a presente quinzena da criança que decorre até 16 de Junho próximo é celebrado sob o lema “Pela Promoção dos Direitos e Atendimento Inclusivo da Criança com Deficiência”. (FDS)