Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Maputo. Millennium bim e ISRI firmam parceria


Maputo (Canalmoz) - O Millennium bim acaba de estabelecer um Protocolo com o Instituto Superior de Relações Internacionais (ISRI). Esta parceria pressupõe uma maior colaboração e coordenação entre as duas entidades no quadro do incremento e consolidação do relacionamento institucional e comercial. Através deste acto o Millennium bim disponibiliza ao Instituto Superior de Relações Internacionais uma oferta integrada e competitiva de soluções financeiras que visam responder a todas as suas necessidades e expectativas, bem como dos seus Funcionários.

Rubricaram o Protocolo Teotónio Comiche, Administrador do Millennium bim, Patrício José, Reitor do instituto Superior de Relações Internacionais e Anissa Abdula Directora do Millennium bim, em cerimónia decorrida nas instalações do próprio ISRI.

“A celebração deste acordo revela mais um passo importante para a missão do Millennium bim no seu contributo para o desenvolvimento do país, em parceria com as instituições de referência para o Estado Moçambicano. Uma prática que pretendemos dar continuidade reforçando o compromisso que temos com a evolução económica da nossa nação”,  referiu Teotónio Comiche, Administrador do Millennium bim.
Patrício José, Reitor do Instituto Superior de Relações Internacionais referiu que “é para o ISRI um orgulho estabelecer este protocolo com o maior Banco do país, conseguindo desta forma ampliar os acessos dos nossos colaboradores aos vários serviços e produtos bancários e soluções financeiras mais vantajosas”. (Redacção)