Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Queda de meteorito encheu cratera de diamantes


Especialistas russos afirmam que existe um enorme depósito de diamantes na Sibéria que foram transportados por um meteorito há 35 milhões de anos. As pedras preciosas na cratera deixada pelo meteorito já tinham sido descobertas na década de 70, mas a sua existência foi mantida em segredo.
http://www.jn.pt/
Segundo Academia das Ciências russa, o "tesouro" está na cratera de Popigai, na região leste Sibéria, que tem cerca de 100 quilómetros de diâmetro.
Esta cratera é a sétima maior do mundo e tem milhões de quilates dos denominados diamantes de impacto.
A existência dos diamantes já era conhecida. Na década de 70, o "tesouro" foi descoberto mas nunca foi explorado e a sua existência foi mantida em segredo até depois do colapso da União Soviética, na década de 90.
Agora, especialistas russos "redescobriram" os diamantes e dizem que estes podem ser até duas vezes mais duros que os convencionais. Isto pode ser explicado pelas altas temperatura e pressão no momento da colisão do meteorito com a superfície terrestre.
Nikolai Pokhilendo, do Instituto Geológico em Novosibirsk, explicou à agência RIA Novosti que estes diamantes têm outras formas moleculares de carbono e que não são indicados para a joalharia.