sábado, 6 de outubro de 2012

Arranca julgamento do assassinato da amante do ex- governador de Luanda




Lisboa – Está   marcado para  as 9h  da próxima terça-feira (9),  no  palácio da dona Ana Joaquim,  em Luanda, o   julgamento da morte da  bancaria Eurídice Bernarda de Oliveira Cândido “Dodó”  onde serão ouvidas 32 pessoas envolvidas no caso. 

Fonte: Club-k.net
Marcado para o dia 9 de Outubro
A bancaria que tinha 30 anos de idade,  foi morta  a 28 de Janeiro de 2011, sendo  alvejada à queima-roupa com um projéctil da face, momentos  após ter parqueado  o carro e  se preparava para tirar a filha do mesmo,  na rua Comandante Eurico.  Era  até a data da sua morte   funcionária da Direcção de Créditos a Particulares e negócios do BFA.

A  forma como foi morta  (tiro de bala incendiada que entrou pela buchecha perfurando a nuca) foi vista pelos investigadores  como indicio de que terá sido uma morte por encomenda. Outro detalhe apoiado na tese dos especialistas foi o facto de os assassinos não terem levado nada dela, razão pela qual concluíram, na altura de que não se estava diante de um assalto/roubo.

Na altura em que foi assassinada  veio a se  saber que a  malograda teve uma relação amorosa com José Maria dos Santos, ex - Governador da província de Luanda, da qual resultou uma filha.

O presumível mandante do crime, que esta sob custodia da justiça,  é  o cidadão Florindo Santos, irmão do ex- governador. Os  restantes cúmplices que  se encontram   a contas com a justiça  são citados como executores  sendo que um deles terá sido morto pelas autoridades policias, em circunstancias não divulgas. Os executores terão  recebido das mãos do referido contratante, mais de 15 mil dólares norte-americanos a cada um dos integrantes do bando de malfeitores.