segunda-feira, 22 de outubro de 2012

O mau funcionamento do Banco Sol - Ectiandro da Cunha




Brasil - Mais de duas dezenas de cliente do Banco Sol que usam o cartão Kumbu, reclamam, o desaparecimento de altos valores depositado no referido cartão, muitos são angolanos residentes no exterior e não têm onde ir reclamar.
Fonte: Club-k.net
Onde foi a Massa?
Nas duas ultimas semanas esta pratica que já dura desde novembro de 2011, tem se intensificado, os clientes do banco que vivem no exterior e usam o cartão, fazem deposito de uma determinada quantia e dois dias depois o valor diminui da conta ou some, quando os mesmo vão fazer o levantamento dos valores deparam com uma mensagem igual a esta “SEM COMUNICAÇÃO” a referida mensagem repete-se três vezes, depois vem a noticia que o saldo é insuficiente e adeus os dinheiro, quando o cliente liga para o apoio do Banco, o jovem atendente sem antes consultar já avisa “se o dinheiro não esta na conta é porque foi usado e isto não é responsabilidade do Banco”.
Na quinta Feira um estudante angolano residente no Ro de Janeiro que pediu o anonimato, recebeu 700 usd de Angola, no entanto levantou 400 reais o que equivale 200usd, na quarta-feira, 17, o estudante voltou a banco para levantar os restante dos valores e se deparou com a bendita frase “SEM COMUNICAÇÂO” ele foi insistido e na quarta vez para sua surpresa, deparou-se com esta mensagem “ Saldo insuficiente”.
Na quinta feira dia 18, a nossa equipa e ligou para o apoio ao cliente do Banco Sol, um funcionário do Banco que atendeu o numero 00244 923637000, e recusou em fornecer o seu nome, informou que o valor havia sido retirado do banco no dia 17, no mesmo horário que o estudante fez a primeira tentativa de saque, depois de muita insistência da nossa equipa dizendo que não foi retirado os valores do cartão, o funcionário do banco que pedia calma constantemente informou que esta a constatar que o valor foi retirando mais estava cativo, no entanto pediu ao responsável da conta para tira uma cópia do passaporte e enviar para o e-mail do Banco Sol, sexta-feira, 19, os familiares da vitima de roubo do Banco Sol, foram ao Banco, em Luanda, com todos os documentos pedidos e foram informados que o dinheiro foi retirado da conta no dia 17, mas já não caixa eletrônico, conforme informação do apoio ao cliente, segundo os tendentes do Banco Sol em Luanda a nossa fonte fez uma compra de 500usd e pagou com o cartão, informação que não é verdadeira.
Segundo ainda informações dadas pelo banco sol para alguns clientes, o dinheiro esta na conta, mais esta cativo, o que é cativo? Muitos quando recebem esta noticia não sabem descodificar. Estas reclamações não são exclusivas dos estudantes angolanos no Brasil, também a queixas de angolanos na África do Sul, EUA, Inglaterra Polônia e Portugal.
Assim como a nossa fonte, outros angolanos que usam o mesmo serviço e vive no exterior ou estão em viajem, são vitimas deste golpe do Banco Sol. Muitas das vitimas são estudantes que vivem com estes valores provenientes de Luanda, sendo roubados ficam a padecer. Os lesados pedem os pedem esclarecimento por parte do banco.