Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Historiador italiano lança livro sobre a paz em Moçambique


Maputo (Canalmoz) – Nas comemorações dos 20 anos da Paz, que se assinalam esta quinta-feira, 04 de Outubro, o historiador italiano Roberto Morozzo della Rocca lança no mesmo dia um livro intitulado “Paz – como Moçambique saiu da guerra”. O lançamento está marcado para a tarde do dia 04 de Outubro, no Estúdio Auditório da Rádio Moçambique, em Maputo.
Segundo nota de imprensa enviado ao Canalmoz, “o livro reconstrói a história” de Moçambique “precipitado na guerra civil logo a seguir à sua independência, saindo dela somente após dezasseis anos e um milhão de mortos”.
“A paz negociada entre o governo e a Renamo foi extraordinária, com a insólita mediação da Comunidade de Sant’Egidio e de um mix de homens de boa vontade. Paciência geológica e compreensão das partes em luta caracterizaram esta mediação. Moçambique tornou-se um modelo de paz num continente africano dramaticamente marcado por guerra e conflitos”, lê-se na nota referida enviada pela comunidade SantEgídio.
Mesma nora explica que o livro é uma versão resumida da obra original do historiador Roberto Morozzo della Rocca, publicada pela primeira vez em 1994, em Roma, cuja versão em português foi publicada quatro anos mais tarde com a tradução do Prof. Brazão Mazula. Uma segunda edição da obra foi publicada em Roma em 2004.
A obra baseia-se sobretudo em documentos arquivados na sede da Comunidade de Sant’Egidio, incluindo diários manuscritos por D. Matteo Zuppi e por Andrea Riccardi, membros da equipa quadripartida de mediadores das conversações de paz.
Roberto Morozzo della Rocca é estudioso das relações entre Nação e Religiões e é Professor na Universidade Roma Tre, na Itália. Participam no lançamento do livro o jornalista Tomás Vieira Mário e Chiara Turrini, representante da Comunidade de Sant’Egidio. (Redacção)
Imagem: Trabalho de arte religiosa Bantu em Moçambique Limpopo
mygroupx.com