segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Isabel recebida pelo PR de Cabo Verde




Praia - Chegou, viu e assinou. Em poucas horas no final da tarde desta sexta-feira, 19, a empresária angolana Isabel dos Santos confirmou a sua passagem triunfante por Cabo Verde, numa operação relâmpago onde o acto mais relevante foi a compra da operadora de telecomunicações cabo-verdiana, a T+.
Fonte: Asemana Club-k.net
A passagem triunfante  pela cidade da Praia
Num frenesim na cidade da Praia e longe dos holofotes mediáticos, a filha do Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, ainda teve tempo de visitar o Presidente da República de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, num encontro que durou cerca de 10 minutos. No final não houve declarações aos jornalistas, porque o encontro, que estava programado para as 16 horas, foi antecipado em 30 minutos.

Durante a tarde, a empresária de 38 anos, considerada a quinta mulher mais rica de África, terá mantido contactos com algum membro do Governo de José Maria Neves, mas no maior segredo. Seguiu-se o acto mais importante que trouxe esta dona dos "petrodólares" angolanos ao nosso país: foi ao bairro de Achada de Santo António pôr tudo preto no branco: estava concretizada a compra da T+ por parte da Unitel Internacional, consórcio de que é dona absoluta.

Depois disso, e numa correria só, dos Santos voltou ao Hotel Trópico por volta das 18h30 e saiu cerca de uma hora depois tal como entrou: sem prestar quaisquer declarações sobre o negócio. “Estou muito atrasada, tenho um avião à minha espera”, foram as únicas palavras proferidas à saída do Hotel, antes de ir directamente para o aeroporto internacional da Praia Nelson Mandela, onde a espera o seu avião privado para a viagem de volta.

Confirma-se, assim, como noticiou o jornal A Semana na sua edição impressa desta sexta-feira, a compra da operadora cabo-verdiana de comunicações móveis, T+ por Isabel dos Santos. O negócio foi concretizado, informa a Unitel Internacional, após vários meses de negociações.