Em Angola julgam-se presos políticos acusados de nenhum crime. Dizem que é um regime democrático que está em pleno gozo das suas funções. A corrupção está no pódio como grande vencedora. A miséria e a fome também. As potências democráticas fecham os olhos e apontam que assim é que é bom, que assim é que se faz a estabilidade em África. Eis a receita do terrorismo do qual a Europa não se consegue desenvencilhar. Quem apoia a corrupção e as suas ditaduras, no fundo também é terrorista sem o saber.

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

BIC prevê processar clientes devedores


Luanda – O presidente do Conselho de Administração do Banco Internacional de Crédito (BIC) garantiu nesta segunda-feira, 07, em Luanda, que todos seus clientes incumpridores das obrigações de crédito disponibilizado serão judicialmente processados. Fernando Teles avançou que uma das primeiras medidas será accionar os bens que foram dados como garantia ao banco.

Fonte: Club-k.net

“Aquilo que podemos dizer aos nossos clientes que não pagam, é que alguns deles durante o ano de 2013, irão ter os processos em tribunal”, alertou, justificando que “decidimos que quem não pagar, nós vamos accionar os bens que nos foram dados de garantia, e só serão devolvidos caso que eles paguem ao banco”. 

De recordar que em Abril de 2011, a gerência do BIC em Malanje vai levar ao tribunal alguns clientes seus pelos mesmos motivos. Na altura Aurélio Rita justificou que muitos clientes não estavam a assumir os compromissos assumidos com o banco, e alguns deles nem sequer tinham salários pagos naquele banco.

Há casos em que os devedores apresentam projectos para um certo fim e, após a recepção dos valores, acabavam por investir em outros fins sem sucesso, facto que tem contribuído para o não reembolso atempado dos créditos.