terça-feira, 28 de agosto de 2012

Neil Armstrong – In memoriam. por Mustafá Ali Kanso


Em 25 de agosto de 2012 morre, aos 82 anos, por complicações cardíacas, o astronauta norte-americano Neil Armstrong – o primeiro homem a pisar na Lua.
Ele que nunca considerou o extraordinário de seu feito – por considerar apenas o cumprimento de seu dever – cunhou em 20 de julho de 1969, como ícone de uma era, a célebre frase:
“Um pequeno passo para um homem, um grande salto para a humanidade”; protagonizando um dos momentos mais importantes da história universal.
Nascido em 5 de agosto de 1930, na cidade de Wapakoneta, no estado norte-americano de Ohio, demonstrou desde jovem uma grande paixão por aeronaves, a ponto de trabalhar no aeroporto próximo a sua casa e obter seu brevê de piloto aos 16 anos.
Ingressando em seguida na carreira militar, seguindo como aviador naval entre 1949 e 1952, realizando 78 missões de sucesso incluindo diversas incursões na guerra da Coreia, foi condecorado com a “Medalha do Ar”, “Estrela de Ouro”, “Medalha de Serviço Coreano” e “Estrela de Noivado”.
Depois de dar baixa na marinha, graduou-se em engenharia aeroespacial pela Universidade de Purdue e pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) em Cambridge, e mestre em Ciência da Engenharia Espacial pela University of Southern California; entrou para o Comitê Consultivo Nacional para a Aeronáutica (NACA) e ao longo dos 17 anos seguintes, atuou como engenheiro, piloto de testes, astronauta e administrador da NACA e sua agência sucessora, a National Aeronautics and Space Administration (NASA).
Como piloto de testes e de pesquisa em voo para Research Center da NASA, Edwards, na Califórnia, foi pioneiro em testar aeronaves de velocidades extremas (acima de 4000 mph), pilotando mais de 200 modelos diferentes de aeronaves, incluindo jatos, foguetes, helicópteros e planadores em mais de 900 testes documentados, incluindo o célebre X-15, a primeira aeronave a realizar voos na estratosfera.
Em 1962, já com o título de astronauta foi designado como piloto de comando da missão Gemini 8, lançada em 16 de março de 1966, realizando nesse mesmo ano a primeiro acoplagem bem sucedida de dois veículos no espaço.
E foi como comandante de nave espacial Apollo 11, a primeira missão tripulada com pouso lunar, que Armstrong ganhou a distinção de ser o primeiro piloto a pousar uma nave na Lua e o primeiro ser humano a pisar em sua superfície, sendo por isso condecorado em 17 países.
Ao dar os primeiros passos na superfície lunar, em 20 de julho de 1969, Armstrong culminava a enorme conjugação de esforços, entre cientistas, técnicos e visionários, que como ele acreditavam que é no somatório de pequenos passos decididos que realmente a humanidade realizará o salto a que todos nós sonhamos.